O aniversário da Madonna significa para os fãs da música pop a mesma coisa que o natal para os cristãos: o nascimento do salvador. Aos 56 anos, ela continua se reinventando e ganhando mais corações. Seu lugar não é mais no topo das paradas de singles ou no rádio porque, como já disse a Cher, “deixe o rádio para as novinhas”. Seu legado é maior do que isso e não são vendas que a mantém no topo; é ela mesma.
Desde que surgiu com o single “Everybody”, lá em 1982, as pessoas falavam que sua moda era passageira e ela não seria ninguém depois que o fogo de palha se apagasse. E é assim em todo lançamento: um bando de gente fala como ela está acabada, perdeu a mão ou “não é a mesma”. E ela não desiste, continua na ativa. Para mostrar que não é bem assim, reuni diversos fatos e músicas lançadas da década passada até agora que provam que, sim, ela ainda é rainha do pop. E não vai desistir da coroa assim tão fácil.

Turnês incomparáveis

Desde a Drowned World Tour, Madonna saiu em turnê cinco vezes e entrou nas listas das mais rentáveis por um artista solo em seus respectivos anos. Se desconsiderarmos a já citada, todas ficaram no topo geral. Na lista de turnês femininas, Madonna é dona do 1º lugar com a Sticky and Sweet Tour, de 2008, e do 2º com a MDNA Tour, de 2012. Tá bom ou quer mais?
Então lá vem mais: se considerarmos o lucro por show, ela deixa todos no chinelo e olha que suas turnês são relativamente curtas!
madonna-love-you-too

Política

Madonna e política sempre andaram de mãos dadas, mas ela nunca esteve tão envolvida. Seja em projetos específicos como a construção de escolas e a educação de meninas africanas ou em coisas mais gerais como seu #secretproject, a rainha nunca respirou tanta política -e nunca foi tão criticada por isso.
madonna-secret-project

Hits sem #1

Mesmo sem chaega ao #1 na Billboard, Madonna teve vários hits desde “Music”. Quem não lembra de “Hollywood”? “Hung Up”? “4 Minutes”? “Girl Gone Wild”? Pode até falar mal, mas D-U-V-I-D-O que nunca dançou uma deslas na balada.
madonna-hung-up

Polêmicas

Por favor, a mulher já se crucificou. Mais polêmico do que isso não dá, né? A verdade é que tudo que ela faz vai gerar polêmica: adotou um filho? Polêmica. Se acha sensual, mesmo depois dos 50 anos? Polêmica. Saiu sem maquiagem? Polêmica. Tomou um Starbucks na esquina? Polêmica!
madonna-crucificada
Dava para falar muito mais, mas ficariamos horas e horas falando o quanto essa mulher é fantástica. Feliz aniversário, Madonna! Obrigado por dar sentido a esse mundo pop!